7-Sete, uma aventura inesquecível - ..::AC's Forum::..
[ Meu Perfil ]
Page 1 of 11
Archive - read only
Forum moderator: Battousai-Himura 
..::AC's Forum::.. » FAN-AREA » Fan-Fics » 7-Sete, uma aventura inesquecível
7-Sete, uma aventura inesquecível
Blain_NaghizakiData: Terça-Feira, 22/12/2009, 1:01:14 PM | Mensagem # 1
Nerd
Mensagens: 298
Prêmios: 1
Reputação: 0 Offline
Ficou meio grande porque eu deixei acumular capítulos, mãããããs, resolvi postar.
Espero que alguém leia xP.
Capítulo 1 – O trabalho.

Num mundo dominado por mágica, não tão diferente desse, foi onde eu tive a minha maior experiência de vida, vi coisas que ninguém nunca imaginou, e pessoas que eu gostaria que ficassem pra sempre comigo, mas nenhuma pessoa me chamou mais atenção do que uma garota que eu conheci durante um trabalho.
Eu tinha acabado de fazer 13 anos, nesse mundo os anos têm quinze meses, geralmente a idade em que começamos a trabalhar em Mouneri, desde pequeno eu sonhava com a incrível carreira de policial, o emprego mais respeitado do mundo, nenhuma pessoa com desejo ou intenções más podem entrar para essa carreira. Então fui até a delegacia para iniciar a carreira, chegando lá o delegado disse que havia só três vagas, uma no esquadrão H, uma no esquadrão J e outra no esquadrão V, perguntei para ele se eu poderia ver o esquadrão. O esquadrão H tinha três homens, um era Kilben, especialista em armamento e bombas, o outro era Desio, especialista em ações táticas e estratégias de guerra, o terceiro era um homem de baixa estatura, Teiniem, especialista em ações evasivas e invasão, me surpreendi ao ver um esquadrão tão equilibrado, mas a única coisa que faltava no esquadrão era magia, pensei que seria uma boa ideia entrar nele, pois eu usava magia muito bem, mas achei também que não seria uma boa ideia, todos tinham mais de vinte anos, eu era novo para isso.
Eu fui ver o esquadrão J, tinha três pessoas, duas mulheres e um homem, a primeira era Reian, 16, especialista em magias de gelo e água, a segunda era Lena, 14, especialista em armas disruptoras, tinha então o terceiro, Lee, 15, um homem de um grande porte atlético, especialista em explosões. Pensei bem e vi que eu me encaixava perfeitamente nesse esquadrão, fui então me registrar, tudo ocorreu bem e o delegado me registrou naquele esquadrão. Eu então começaria no dia seguinte.
Então fui pra casa, mas ao chegar recebo uma mensagem urgente, que dizia o seguinte:
“Você foi requisitado para uma missão imediata e de extrema importância. Detalhes lhe serão passado pessoalmente. Vá até a Alameda Dos Hilmes, imediatamente. Do delegado local, Biliam.”
Fui voando sem pensar até lá, passei por cima da casa da família Bruzeis, passei por cima da escola primária, cruzei a Avenida Jinea, pela delegacia, e então cheguei após alguns minutos na Alameda Dos Hilmes. Lá estava meu esquadrão, Reian, Lena e Lee, fui até Reian, pois ela liderava o esquadrão por ter experiência, perguntei sobre a missão, e foi exatamente isso que ela me disse:
- Não temos muito tempo, serei breve. Viemos atender uma simples denúncia de um ladrão, mas, descobrimos que há algo muito maior envolvido nisso. Até agora só conseguimos descobrir isso, o local está em severas chamas. Você usa magia de fogo, não é mesmo?
- Sim, mas, o que eu posso fazer?
- Sei que você ainda está no começo, mas preciso que você entre lá e descubra mais detalhes, é claro que você será muito bem recompensado, isso dará um “boost” na sua carreira. Aceita?
Foi um momento muito sério para mim, eu acabara de começar minha carreira e já tinha uma missão de nível B, o que eu deveria fazer? Eu pensei bem, tirei um Anel Mágico do bolso, coloquei-o no dedo indicador. Anéis mágicos são acessórios que dão mais poder a você. Existem vários tipos de anéis, como anéis elementares que dão mais poder a você de acordo com seu elemento, anéis de lembrança fazem você lembrar-se de coisas que já esqueceu, anéis de voo, anéis de cura, há muitos outros tipos de anéis, há alguns que foram proibidos e outros tão simples quanto um anel comum. Pensei bem a respeito, foi então que me virei para Reian e perguntei-a:
- Você não controla a água?
- Controlo, mas, olhe a sua volta, há alguma água?
- Pensei que você podia fazer água.
- Eu posso, mas, há algum tipo de selo aqui que me impede de usar meus poderes.
- Tá certo então.
Fui correndo em direção ao local que parecia um galpão, porém, pequeno. Milhares de perguntas estavam passando pela minha cabeça naquele momento, por que alguém colocaria um selo ali? Por que eu podia usar meus poderes? Por que chamaram o esquadrão J? Por que o local estava em chamas? Eu deveria usar o Anel Elementar “Devorador de Fogo”? O que eu faço quando chegar lá? Quando me dei conta já estava lá dentro, vi que meu Anel Elementar estava funcionando perfeitamente no dedo indicador, ele estava absorvendo todas as chama e me fortalecendo. Dependendo do dedo em que o Anel Mágico for usado ele pode ficar mais forte ou mais fraco, sofrer algumas alterações de funcionalidade e coisas estranhas como funcionar mais do que deve e diminuir a vida útil. Nunca tinha testado ele no dedo indicador, sempre usava no polegar. Num instante vi uma silhueta se movendo rapidamente dentre as chamas, fui até lá, foi então que notei que era outro policial igual a mim, perguntei o que ele fazia ali e se alguém sabia sobre ele, e nada me foi respondido. De repente, ele vai correndo em direção a algo que acredito que seja um quarto ao algo do tipo, quando tento segui-lo um pedaço da sustentação do teto cai na minha frente tampando a entrada. Fui para o outro lado e achei no chão, algo que parecia um ideograma, quando me aproximei vi que era um selo, e estava escrito algo como “Bloqueio” e “Água”, foi então que notei que era o tal selo que Reian me contou, imediatamente o destruí com meu Anel “Quebra de Selo”, alguns segundos depois vi um jato de água disparando em direção a mim, rapidamente me esquivei e percebi que era Reian e que ela não estava para brincadeira. Saí de dentro do local mais forte do que quando entrei, pois, meu Anel “Devorador” havia absorvido uma grande quantidade de chamas. Avisei a Reian sobre o policial que tinha lá dentro. Ela me disse que meu trabalho já tinha sido o suficiente e que eu deveria voltar para casa. Eu estava passando pela Avenida Aledien, quando vi uma garota sentada na Passagem de Filur, uma espécie de escada com poucos degraus dentre as casas, a tal passagem tinha cerca de vinte côvados de largura, fui então falar com ela, pois, já era tarde e ela não deveria estar esse horário fora de casa. Aproximei-me e vi que era uma bela garota, que tinha olhos tão escuros que era impossível determinar a diferença entre a pupila e a íris, seus cabelos eram compridos e negros, e tinha um rosto tão bonito que chega a ser inesquecível, até fiquei um pouco gelado, mas rapidamente voltei ao normal. Então comecei um diálogo:
- O que uma bela garota faz a essa hora da noite? – Perguntei.
- Eu não sei. – Ela respondeu com um tom de tristeza e incerteza.
- Você precisa de carona para casa? – Perguntei cordialmente.
- Eu não tenho casa. – Ela me respondeu olhando-me nos olhos.
- Quantos anos você tem? – Perguntei.
- Eu tenho 14, eu acho. – Ela respondeu novamente incerta.
- Venha vou te levar a uma pousada. – Disse-a sorrindo.
Ela levantou devagar com certo medo, achei que eu estava sendo muito rude, então ofereci a ela um lanche que tinha na minha bolsa. Ela olhou-me nos olhos tão profundamente que quase fiquei paralisado, seus olhos expressavam uma gratidão tão grande como se eu tivesse dado a ela um lar. Sorri levemente, e então a levei até uma pousada. Chegando lá ela me perguntou:
- Qual seu nome?
- Daniel. – Respondi suavemente.
Ela deu uma leve e suave gargalhada e disse:
- Que nome estranho, eu nunca ouvi algo parecido.
- Meus pais gostavam de inventar nomes estranhos, acredite ou não, tenho um irmão chamado João, eu outro chamado Vitor. – Disse-a sorrindo.
Ela riu mais um pouco, e então eu a perguntei:
- E você, qual é o seu nome?
- Eu não me lembro muito bem, mas, acho que é Linda. – Ela me disse olhando nos olhos.
- Você se lembra de algo do seu passado? – Perguntei.
- Exatamente não. Mas lembro de toda a vida da minha irmã, como se eu fosse ela.
- E qual era o nome da sua irmã? – Perguntei a ela.
- Gristh Farl. – Ela respondeu normalmente.
Meu coração disparou, Gristh Farl é o nome de uma grande guerreira que sumiu há alguns anos, como seria possível este parentesco? Fiquei cada vez mais curioso a respeito, mas, não queria fazer perguntas demais.
- Você sabe onde ela está? – Perguntei com curiosidade.
- Não, mas sinto como se ela estivesse comigo o tempo todo. – Ela respondeu com olhos profundos e refletivos.
Eu imaginei que seria uma boa ideia dar um Anel “Lembranças do Passado” a ela, mas, achei que ainda era muito cedo. Depois de pagar a diária do dia atual e do dia seguinte já estava indo embora quando ela me segurou pelo ombro e disse:
- Você foi à única pessoa que me ajudou sem intenção de obter algo em troca, te agradeço por isso, mas, eu gostaria que você passasse esta noite aqui na pousada, pois, amanhã quero te conhecer melhor e tentar descobrir algo sobre meu passado. – Ela me disse confiante.
- Certo, ficarei no quarto ao lado, tudo bem? – Perguntei inseguro.
- Eu ia dizer para você ficar na recepção para não gastar muito dinheiro. – Ela me disse com um tom de desculpas.
- Tudo bem, eu tenho o suficiente. – Respondi sorrindo.
Então ficamos hospedados na pousada, ela no quarto 11 e eu no quarto 12.

Ja estou fazendo o terceiro.

 
WalkerData: Quarta-Feira, 18/05/2011, 11:33:07 PM | Mensagem # 2
Aparição
Mensagens: 18
Prêmios: 0
Reputação: 0 Offline
gostei da fic, ainda mais nesse conceito de os poderes serem tratados como normais.
só que ficou corrida demais, as coisas aconteciam tão rapidamente, sem apresentações e introduções, que ficou até meio estranho acompanhar tudo nesse ritmo narrativo.
quanto ao tamanho, relax, nem ficou grande não ^^ ( se uma criatura não consegue ler um texto com suas 1.600 caracteres, imagina o choque dela ao se deparar com um livro? auhsuhauhsauhsauhshu)



Anne Hathaway owna /bjs
 
Mio157Data: Quarta-Feira, 18/05/2011, 11:55:59 PM | Mensagem # 3
By Leo00, deem + Respect a ele \o
Mensagens: 2748
Prêmios: 1
Reputação: 0 Offline
Cara, já é a segunda vez q vc ressucita uma fic...
Por favor, leia as regras para evitar que isso aconteça =\

Quote
V. Outras regras.

5. Não reviva topicos (topicos com 2 meses sem postagem), a não ser que seja dono do próprio!

;)

See ya =D



 
..::AC's Forum::.. » FAN-AREA » Fan-Fics » 7-Sete, uma aventura inesquecível
Page 1 of 11
Search:

Anime Comics © 2009-2016
Design por Mio157, Master-Victor e Kid